Poemas da Fogueira


A mulher de mil faces


Eu quero uma carne

que seja sono e madrugada


Eu quero uma alma sem muros

eternamente ferida


Eu quero mergulhar na dor

e tirar de dentro dela

a eterna radiancia da alegria


eu quero ser

eternamente forte

inesgótavel

Dar sem reter


eu quero ser a resposta

para todas as perguntas


eu quero ter mil faces

uma para cada ser humano


Morte e Vida

Silêncio e Luz

para todos.


(1963) Rose Marie Muraro

Nenhum comentário

Contact

Instagram

Postagem em destaque

Como criar o hábito de guardar dinheiro?