Quando a mente Peca



Quando a mente peca


O jardim secreto, as flores proibidas e a mulher por cima: Na década de 70, a escritora Nancy Friday causou frenesi ao divulgar fantasias sexuais de dezenas de mulheres, indo das mais inocentes (a curiosidade em tocar o corpo de outra mulher, por exemplo) até estupros idealizados em cenários exóticos.

Hoje, fantasiar o sexo é indicado até para dor de dente. Publicado em 1973, o livro My Secret Garden foi um best-seller e tanto. Abriu um novo filão editorial e gerou uma seqüência de títulos publicados nos anos seguintes.


O segundo volume da série escrito por Nancy, Forbidden Flowers, refletia mudanças nas relações homem-mulher: ao invés do sentimento de culpa pela "mente suja", as depoentes mostravam-se mais determinadas em sua busca por satisfação. No início dos anos 90, a autora reuniu novas fantasias em Woman On Top.

Em quase 600 páginas, descreve 150 desejos proibidos, contados em primeira pessoa por mulheres que, na grande maioria dos casos, sentem-se confortáveis deixando a imaginação livre enquanto se masturbam ou transam. Parte do livro é dedicado a análises da própria Nancy.


A principal delas talvez seja a de que muitas das situações que uma mulher adora fantasiar ela odiaria enfrentar na realidade - caso do assédio sexual. Essa distinção entre imaginar e querer experimentar o proibido costuma causar polêmica entre as mulheres. Recentemente, a revista Claudia divulgou um estudo sobre o tema, coordenado pelo psicólogo Sérgio Fleury, que ouviu em São Paulo cem mulheres de nível universitário, com idade média de 28 anos e parceiro fixo.


Confira os resultados: 75% sentem-se bem fantasiando e 61% têm fantasias freqüentemente,59% escondem suas fantasias do parceiro por vergonha e 65% dizem que eles também não revelam as suas,50% têm fantasias ousadas (sexo em grupo, em situações de risco, ser dominada ou estuprada) e 62% não realizam suas fantasias.fonte:Paralela - Pesquisa: Dra. Elaine Marini.

Nenhum comentário

Contact

Instagram

Postagem em destaque

Como criar o hábito de guardar dinheiro?