8 de Março dia da Mulher


Atena é a deusa da inteligência, das artes e do saber. Ela era inicialmente na Grécia, apenas o gênio protetor da cidade de Atenas, mas a crença e a imaginação populares a promoveram para o posto de uma divindade superior. Na Grécia e também em Roma, Atena era a padroeira dos tocadores de flauta e todos os trabalhadores de qualquer ramo artístico.
Zeus, Hera e Atena eram as divindades mais veneradas no mundo greco romano. Atena era uma deusa virgem por sua própria escolha, pois recebeu não apenas uma, mas várias propostas românticas de seus admiradores.
Sua destreza e estratégia eram tamanhas como deusa guerreira que só mesmo Ares, o deus da guerra, poderia competir com ela, em um campo de batalha.
Lança, escudo, capacete, coruja, flauta e oliveira são os símbolos de Atena. Conhecida como deusa do Olimpo e filha de Zeus, Atena é considerada uma guerreira invencível e sábia. Na mitologia romana corresponde à Minerva.
A carta Atena quando está na posição para cima indica, sabedoria, cura, engenhosidade, talento intelectual e musical, auto-disciplina e um caráter forte.
Tendência para ser protetor dos outros e capacidade para esclarecer, ensinar e liderar os menos privilegiados. A cabeça governando o coração.
Agora, quando Atena aparece na posição invertida, significa desprezo intelectual pelos outros, agressividade descontada em alvos errados.
Apelo a desumanidade quando os objetivos ou metas são ameaçados e desrespeito com a individualidade alheia.
Quem é muito influenciado por Atena raramente erra o lado para o lucro pessoal. Geralmente, para as mulheres, revela muita preocupação com a carreira profissional, dedicação e ao mesmo tempo uma vida calma.
Já para os homens, aponta uma intuição lógica que lhes proporciona segurança e confiança em si mesmos e em outras pessoas.
Numa analogia com o Tarôt de Marselha, Atena corresponde à Força, símbolo da inteligência com valentia.
 

Nenhum comentário

Contact

Instagram

Postagem em destaque

Como criar o hábito de guardar dinheiro?