Símbolo do Espírito Santo_ A pomba



“Então João testificou, dizendo: Eu vi o espírito descer do céu como pomba e permanecer sobre ele” (João 1:32).

Este versículo descreve a ocasião mais importante em que a pomba aparece como símbolo do Espírito Santo: quando Jesus foi batizado por João Batista no rio Jordão. Quando os céus se abriram, o Espírito de Deus desceu em forma de uma pomba e pousou sobre Jesus. Há profundos significados na metáfora de uma pomba como simbolismo.

Primeiro, no mundo inteiro a pomba é conhecida como um símbolo de paz. Em Gênesis, quando Deus destruiu toda carne pelo dilúvio, Noé e os sete membros de sua família acharam graças aos olhos de Deus. Foram salvos na arca. Quarenta dias depois que a arca pousou no Monte Ararat, Noé soltou uma pomba pela janela para ver se as águas já haviam baixado. A pomba voltou e Gênesis 8 relata: “Esperou ainda outros sete dias, e tornou a enviar a pomba fora da arca. Quando a pomba voltou a ele à tarde, no seu bico havia uma folha verde de oliveira. Assim soube Noé que as águas tinham minguado de sobre a terra” (Gênesis 8:10,11).
A primeira evidência de que a paz retornará a terra. E que o julgamento a ira de Deus já haviam passado, foi uma pomba.

Que maneira tão bela de representar a presença do Espírito Santo! Portanto, ele não pode habitar nos espíritos humanos que esteja debaixo do juízo e ira de Deus. Jesus Cristo nos redimiu pela morte na cruz, e pagou, desse modo, pela ira e juízo de Deus. Quando confessamos nossos pecados e aceitamos Jesus como nosso Salvador, o Espírito Santo vem a nós, porque temos a prova redentora do sangue precioso. O Espírito Santo faz-nos sentir alegria de saber de que “quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida”, (João 5:24), e “temos paz com Deus”(Romanos 5:1).

E isso não é tudo! Para aqueles que caminham em pecados para a perdição, em oposição e desobediência de Deus, o Espírito Santo continua a pregar o evangelho reconciliador de paz. A coisa mais importante que uma pessoa pode decidir hoje é, ou receber salvação e paz _ as novas maravilhas que o Espírito Santo traz ao nosso coração _ ou ser destruída.
A pomba é também um símbolo de mansidão e humildade, atributos do Espírito Santo que ele confere a nós. Fico sempre perplexo ao ver pessoas que dizem que receberam o Espírito Santo, mas agem e falam afrontosamente. Alguns se comportam como se estivessem tomados por um espírito maligno. Mas a evidência do Espírito Santo é um espírito manso e humilde.

A pomba é também conhecida como uma criatura pura e inofensiva. Ela não ataca, não mata outros animais, como o felino e a águia por exemplo. Correspondendo a esta descrição, observemos que o Espírito Santo é de fato como seu nome diz, um espírito santo.
.

Familiares de pessoas que são oprimidas por espíritos malignos, muitas vezes trazem os membros de sua família para meu escritório, pedindo-me para discernir o estado espiritual deles. Enquanto vou conversando com essas pessoas sofredoras, elas confessam sem exceção que obscenidades, pensamentos maus e linguagem abusiva fluem através delas contra sua própria vontade. Esse é o trabalho de Satanás. Pessoas assim deveriam apoiar-se na Palavra da verdade, e lutar contra Satanás até expulsa-lo de vez, então descansar sobre o poder purificador do sangue do precioso de Jesus. Se não tomarem essa decisão, por certo torna-se-ão mentalmente incapacitadas no final.

Ainda bem que posso dizer às pessoas que passam por lutas como estas, que elas poderão ser, de modo completo, libertas pelo sangue precioso do Cordeiro, e pelo poder da Palavra de Deus.
O Espírito Santo é sempre um espírito santo. Por não haver nada de ameaçador, nem ofensivo ou vil nele, não devemos também admitir qualquer transformação espirtual em nós que não seja dirigida à santidade. È verdade que não nos tornamos santos, instantaneamente, ao receber o Espírito Santo. Porém teremos poder para crescer em santidade e receberemos também sensibilidade que nos faça sentir culpados ao cometermos pecado. Se consideramos isto, nossa vida só tenderá a melhorar.

O Espírito de Deus não veio para ferir e matar, mas para salvar, curar e restaurar. Notemos a proclamação de Jesus, na sinagoga de Nazaré, concernente à sua missão e tendo auxílio do Espírito: “O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me para epregoar liberdade aos cativos, dar vistas aos cegos, pôr em liberdade os oprimidos, e anunciar o ano aceitável do Senhor”(Lucas 4:18,19).

A quarta razão para o qual o Espírito Santo é simbolizado pela pomba é que o Espírito Santo é extremamente sensível ao mal.

As obras do Espírito Santo são extinguidas pela traição e deslealdade da humanidade. Mais do que qualquer outro animal, a pomba é amedrontável. Perseguida uma ou duas vezes, a pomba deixa seu ninho para sempre. Se quisermos viver em harmonia com o Espírito Santo em nosso coração, temos de ter muito cuidado e manter uma atitude reverente em relação a ele e nunca entristece-lo. Efésios 4:30 nos alerta: “E não entristeçais o Espírito Santo de Deus”. Se sempre nos opusermos a vontade do Espírito Santo, ele nos deixa-rá como faz a pomba _ que terrível acontecimento!

Quando, arrependido, David orou fervorosamente, derramando lágrimas diante de Deus depois de reconhecer seu pecado: Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo” (Salmo 51:11).

O Consolador que, desceu em forma de uma bela pomba e pousou sobre Jesus, desce sobre nós hoje, ancioso por encher nosso coração.

Texto retirado do livro: O Espírito Santo meu companheiro, David Yonggi Cho

Nenhum comentário

Contact

Instagram

Postagem em destaque

Como criar o hábito de guardar dinheiro?