Substâncias

O ser humano possui muitas qualidades, dentre elas a sensibilidade e a capacidade de observação, ambas instrumentos que lhe possibilitem perceber a existência das leis naturais. É por meio delas que, por exemplo, se reconhece a existência da atração gravitacional.

De um modo geral, as leis naturais são acões que o universo impõe sobre tudo que dela faz parte, sejam corpos, sejam matérias de que são feitos. Cabe aos cientistas tentar explicar as razões da existência desses corpos, os fenômenos, que acompanham e suas submissões diante das leis que os regem. Para isso, criam modelos e teorias com o objetivo de justificar e existência e o comportamento de qualquer forma de manifestação.

Bilhões e bilhões de átomos fazem a matéria do Universo.

Um átomo solitário não tem cor, não tem sabor, é invisível, seus efeitos não são percebidos...Agora imagine muitos átomos, todos unidos constituíndo grupos, e esses grupos juntando-se a outros formando um conjunto ainda maior, até aparecerem as cores, os aromas, as faces lisas, as faces rugosas, a maleabilidade, e elasticidade, a flexibilidade, a rigidez, a transparência, a dureza, a resistência, o brilho, etc, enfim, tudo aquilo que se pode observar ao nosso redor, na natureza e nos ambientes produzidos pela tecnologia. Toda essa variedade de materias e suas qualidades já foram consideradas como sendo formas de água, ar, terra e fogo os quatro elementos fundamentais que constituíam o universo segundo nossos mais antigos mestres: os filósofos gregos.

Nenhum comentário

Contact

Instagram

Postagem em destaque

Como criar o hábito de guardar dinheiro?