Perdoa-nos as nossas dívidas


Nós que nos tornamos filhos de Deus pelo sangue imaculado de Jesus Cristo, devemos orar a ele agora para que nos perdoa os pecados. Quando o reino de Deus vem ao nosso coração e sua vontade está presente em nossa vida, a graça perdoadora e o poder divino deveriam naturalmente vir sobre nós. Na oração que Jesus ensinou aos discípulos _ e a nós _ ele disse que devíamos pedir intrepidamente e com segurança o pão nosso de cada dia, o perdão de pecados e a proteção contra a tentação ou mal.

Como ficou declarado anteriormente, devemos orar alinhados com a mente de Deus. E qual é o pensamento dele concernente ao pecado?

Somos pecadores e merecemos a morte

A palavra grega para pecado significa "errar o alvo" _ como uma seta podia errar o seu alvo. A fim de dar glória ao Senhor a agradar-lhe, o homem deveria ter vivido em obediência e fé. Era este o alvo ou objetivo da vida humana. Enganados por Satanás, porém Adã e Eva tomaram e comeram o fruto do conhecimento. Violaram o ordem divina:" Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque no dia em que dela comeres morrerás (Gênesis 2:17). Como obstinada expressão de sua desobediência e incredulidade, esta ação significou que o comportamento deles havia errado o alvo da vida e era pecado diante de Deus. Como resultado, Adão e Eva sentiram vergonha e culpa. Satanás ganhou o legítimo direito de acusar, governar e roubar a humanidade. "Aquele que pratica o pecado procede do diabo, porque o diabo vive pecando desde o princípio" (1 João 3:8).

Adão e Eva, e com eles toda a sua posteridade, caíram na escravidão de Satanás. O pecado entrou no mundo pela ofensa de um homem, Adão, e todos se tornaram pecadores. "Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram" (Romanos 5:12). Como consequencia do pecado, eles  tinham de morrer. "Porque o salário do pecado é a morte" (Romanos 6:23). A palavra morte no grego é thanatos, que significa "estar separado".

Tão logo a morte entrou na sociedade humana pelo pecado, interrompeu-se o diálogo com Deus. Tão logo o pecado separou o homem de Deus, a fonte de vida, o homem morreu. Tão logo o pecado separou o ser humano das outras criaturas antes sujeitas ao homem, tudo saiu errado. Tão logo o Senhor retirou sua mão protetora, as doenças entraram no corpo humano. Além do mais, o fogo inextinguível do inferno está à espera de todos os que não vierem a Jesus para pedir  e receber o perdão dos pecados.

A resposta Divina: Jesus Cristo

Deus permitiu que Jesus Cristo, seu Filho sem pecado, assumisse a forma humana e morresse em lugar do homem. "Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna! ( João 3:16).

Como nós temos perdoados aos nossos devedores

Quando as pessoas vivem juntas, inevitavelmente o pecado entra em seus relacionamentos. Todo mundo tem personalidade e traços de caratér negativos: ego, orgulho, ciúme. ambição. Onde quer que as pessoas se reúnam, as diferenças de caratér e de personalidades tornan-se evidentes e causam tensão e dor. À medida que o tempo passa, o remorso pelo passado se torna ódio no presente, e foi dessa maneira que este mundo se encheu de inveja, ciúme, calamidade e assassínio. "Mas os perversos são como mar agitado, que não se pode aquietar, cujas águas lançam de si lama e lodo. Para os perversos, diz o meu Deus, não há paz" (Isaías 57:20,21).

como podemos viver em paz e harmonia com outras pessoas. esquecer os antigos rancores e aceitar a cura de Deus? Com o progresso de conhecimento, temos inventado todo o tipo de comodidades. Há, porém, um campo que não tem, absolutamente, visto nenhum progresso. A despeito de nosso destino comunitário, o homem parece decidido a fabricar armas que firam e matem os outros.

Não há ninguém que possa resolver este problema de inimizade e ódio senão Jesus Cristo. Ele nos perdoou e insiste em que oremos: "Perdoa-nos as nossas dívidas assim como nós perdoamos aos nossos devedores." É interessante que imediatamente depois de haver terminado esta oração ensinada aos discípulos, Jesus volte ao assunto do perdão. Mateus 6:14,15 prossegue, dizendo: "Porque se perdoares aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celeste vos perdoará; se porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas."


 Pai nosso (Grego):

                     



Um comentário

Elias Croce disse...

Muito bom. Deus seja louvao por sua vida amado. Publicar a palavra da verdade é uma missão gloriosa. Abraços.

Pr Elias Croce.

Contact

Instagram

Postagem em destaque

Como criar o hábito de guardar dinheiro?