Comida caseira

foto do dia 30/01/2010


Existe algo mais gostoso que comida caseira?



Você é o que você come


Para receber diariamente um cardápio balanceado e iniciar sua reeducação alimentar, assine o Bem Leve e tenha dicas nutricionais online à sua disposição.



A máxima 'você é o que você come' é verdadeira? Pq?


Basicamente sim. Se comemos alimentos mais saudáveis consequentemente temos uma saúde melhor, se comemos alimentos pouco saudáveis estamos prejudicando nossa saúde. Se comemos muita gordura, teremos mais gordura armazenada pelo nosso corpo, se comemos mais frutas e verduras por exemplo, teremos cabelos mais brilhosos, pele mais bonita, unhas mais resistentes, uma melhor imunidade e por aí vai... podemos citar vários outros benefícios de se ter uma alimentação mais saudável.


2) Muitas pessoas exageram na dose e agem como se as refeições fossem curar todas as doenças e os problemas. Como saber se alguém está passando dos limites?


Normalmente as pessoas que têm uma alimentação radical, mesmo que com alimentos naturais e saudáveis podem estar prejudicando a sua saúde. Pessoas que só comem um tipo de alimento, por exemplo apenas saladas e frutas, aparentemente é saudável, mas não! Estão faltando nutrientes importantes para a saúde numa alimentação restrita como este exemplo, faltam as proteínas principalmente. No caso de doenças, apesar de existirem centenas de estudos mostrando os benefícios dos alimentos para determinados quadros clínicos, os chamados alimentos funcionais, não podemos dispensar a consulta médica e os tratamentos convencionais da medicina. Os alimentos podem ser utilizados de forma complementar no tratamento de algumas doenças, mas não como única forma de curar.


3) Dê exemplos de alimentos que têm ação funcional no organismo e que devem fazer parte da alimentação semanal (informando quantas vezes por semana se deve comer e qual a quantidade recomendada):


Um estudo atual feito dos Estados Unidos e publicada no Journal of the National Câncer Institute sugere que a ingestão regular de brócolis e couve-flor podem reduzir o risco do homem desenvolver formas agressivas de câncer de próstata e foi observado que comendo uma porção semanal de couve-flor foi associada a uma queda de 52% no risco de desenvolver uma forma agressiva da doença; e mesma quantidade de brócolis levaria a uma queda de 45% nesse risco.Existem estudos que mostram que a aveia ajuda a diminuir o colesterol sanguíneo além de mostrar um efeito protetor no desenvolvimento de câncer de cólon.A soja ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares. Há indicações de que também ajuda a amenizar os incômodos da menopausa, a prevenir o câncer de mama e cólon. As quantidades indicadas vão variar de acordo com a idade, sexo, entre outros fatores. O ideal é procurar um nutricionista para que ele calcule as suas necessidades e faça um programa alimentar adequado aos seus objetivos.


4) Quais nutrientes devem fazer parte da alimentação diária?


Quanto mais variada e colorida for a nossa alimentação diária é melhor! Precisamos dos macronutrientes (carboidratos, proteínas, lipídeos) e dos micronutrientes vitaminas e minerais) e esses nutrientes estão presentes em todos os alimentos, como as carnes, cereais, leite, frutas e vegetais. Precisamos comer de tudo um pouco para garantir que estejamos ingerindo todos os nutrientes necessários para o funcionamento e desenvolvimento normal do nosso organismo.


5) Tomar complementos nutricionais sem orientação pode acarretar problemas?


Sim, tomar completementos nutricionais sem orientação pode acarretar diversos problemas. Se forem mal administrados podem fazer com que a pessoa engorde, podem se tornar tóxicos e sobrecarregar os rins por exemplo. É preciso sempre ter acompanhamento do seu nutricionista e médico de confiança.


6) É possível ter todos os nutrientes provenientes apenas das refeições?


Quando a alimentação é variada, colorida, saudável e equilibrada podem obter todos os nutrientes necessários sem a necessidade de complementos nutricionais, exceto em condições especiais como por exemplo algumas modalidades esportivas e algumas condições clínicas.




Recomendo para leitura:



Nenhum comentário

Contact

Instagram

Postagem em destaque

Como criar o hábito de guardar dinheiro?